Carregando...

Pronto para as novidades?

Clique no botão e explore nosso site
Confira as matérias

7 dicas para cuidar no verão com a comida

Publicado 22/08/2018 12:28:48CET

LISBOA, 22 Ago. (EUROPA PRESS) –

A falta de saúde visual provoca deficiência deste tipo e, em última instância, cegueira, duas patologias que afetam gravemente a vida de quem as sofre, pois a imensa maioria da informação que recebe de uma pessoa vá até usando os olhos.

A Organização Mundial de Saúde informa que tanto a deficiência visual como a cegueira são preveníveis em cerca de 80 por cento das pessoas e, neste sentido, a alimentação desempenha um papel fundamental: a relação entre a saúde visual e dieta é muito estreita.

No entanto, a chegada das férias de verão, você pode modificar o ritmo de vida normal, o que também influencia as diretrizes alimentares. Segundo a Associação a Visão e a Vida, existem três fatores que comprometem a mais para a saúde visual: o consumo excessivo de açúcar, da alimentação gordura ou uma dieta pobre em certas vitaminas.

“O excesso de açúcar na nossa dieta afeta não apenas o sistema vascular, mas que pode ser causa de catarata, e está associado a problemas visuais em determinadas pessoas, como os diabéticos”, explica a doutora em biologia Mercedes Aguirre.

Em relação a uma dieta de gordura, Aguirre indica que “um excesso de gorduras trans ou saturadas gera problemas na parede interna dos nossos vasos sanguíneos, atrapalhando o bom fluir do sangue”.

Um aporte insuficiente de algumas vitaminas, como a C, D e e, e minerais como o zinco geram um aumento de radicais livres, que deteriorarán os tecidos de nossos olhos e oxidam o nosso sistema visual”.

Levar a cabo determinadas acções na hora de se alimentar no verão pode ser muito benéfico para cuidar da saúde visual durante esta época do ano. “É muito fácil, mesmo em férias, manter uma dieta saudável, como a mediterrânea, e evitar, deste modo, muitas complicações visuais em todas as idades”, tal como foi sublinhado Aguirre. Visão e Vida destaca-se:

– No verão, quanto menos tempo na cozinha, melhor. Com esta ação evita a ingestão de alimentos ricos em gorduras saturadas, como frituras ou rebozados, dado que é muito mais benéfico consumir alimentos no vapor ou em cru, temperado com azeite de oliva.

– Agosto é tempo de frutas e verduas. Tanto para melhorar a saúde visual, como para proteger o resto do organismo, em época de sol, é muito importante o consumo de frutas vermelhas ou roxas, como os morangos, os mirtilos e as uvas, e as laranjas, como o pêssego, a laranja ou a nectarina.

– Para beber, nada melhor do que água. É importante evitar que as crianças consumam muitos refrigerantes ou bebidas açucaradas. Melhor substituir por sucos naturais. Também não é bom abusar do leite de vaca, e deve ser combinada com outras, como a de amêndoas ou soja.

– Na praia, veja os alimentos que dispõe o mar. Peixes como o atum, a sardinha ou anchova possuem grandes quantidades de DHA, uma gordura omega3 presente na mácula em um percentual de 55 por cento. Ajuda a desfrutar de uma visão nítida e promove o bom funcionamento da retina.

– O pão, melhor abrangente. Tem menos açúcar que o pão refinado e nos oferece o aporte de fibra necessário. Além disso, é importante evitar o consumo de produtos de pastelaria industrial ou guloseimas, já que afetam de forma direta o sistema visual.

– Se não deixarem de ser utilizados nas telas, há que se proteger. A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia destaca-se que a visualização realiza um esforço extra para manter-se focada em um objeto que está a uma distância curta. Produz falta de cintilação, o que resulta no ressecamento dos olhos, irritação ocular e fadiga visual.

A luteína e a zeaxantina, presentes em alimentos verdes, como a salsa, os aspargos e espinafre; alaranjados, como o pimentão laranja, a gema do ovo e as nectarinas ajudam a evitar a luz azul emitida pelo celular, tablet ou tv.

– Para proteger desde a infância na retina, os minerais. O zinco é muito abundante na retina, já que desempenha funções de suporte imprescindíveis. Alimentos como a carne, espinafre, ou grão-de-bico e o arroz, podem ajudar a completar a dieta.