Carregando...

Pronto para as novidades?

Clique no botão e explore nosso site
Confira as matérias

7 sinais de que tem falta de ferro

O ferro é um mineral -um oligoelemento – que faz parte da hemoglobina dos glóbulos vermelhos, que são aqueles que transportam o oxigênio para as células, através do sangue. Também faz parte de outras enzimas celulares que intervêm na cadeia respiratória e na obtenção de energia. 66% do ferro do organismo encontra-se na hemoglobina.

Mulher só, diante do lavatório

A falta de ferro é a carência nutricional mais comum em todo o mundo e pode provocar um tipo de anemia, anemia ferropénica, com palidez, fadiga e tonturas. Além disso, de acordo com um estudo de 2016 publicado no The Journal of Nutrition, um baixo nível de ferro em parceria com mais baixo desempenho mental com piores tempos de reação, controle inibitório e capacidade de planejamento.

Especialistas britânicos do Active Iron fornecidas aqui 7 sinais comuns de deficiência de ferro, mais algumas dicas para colmatar a deficiência deste mineral-chave. Alguns deles, surpreendentes.

1. Está exausto

O ferro é fundamental para o aporte de oxigênio para as células, e não é estranho, portanto, que um dos primeiros sintomas de deficiência de ferro seja um cansaço anormal.

2. Tem frios os pés e as mãos

Pode ser surpreendente, mas o corpo precisa de ferro para gerar calor, com o que ter as mãos ou os pés frios pode ser sinal de carência do mineral.

3. Está pálido

A falta de ferro gera o declinar dos glóbulos vermelhos, o que pode causar palidez geral. Se a cara, os dedos dos pés, a ponta das mãos, o interior dos lábios ou de pálpebras estão mais esbranquiçados do que o habitual, pode dever-se ao défice de ferro.

4. Tem unhas secas e quebradiças

O ferro é fundamental para o crescimento do tecido das unhas. Se você tem estrias ao longo das unhas e quebram ou craquelan facilmente, pode ser um sinal de que os níveis estão baixos.

5. A língua tem um aspecto estranho

Se você está pálida ou muito macio pode dever-se à falta de hemoglobina no sangue, causada, geralmente, por um baixo nível de ferro.

6. Falta anormal de ar

Por exemplo, se você subir um andar depressa, a escada, ele produz um suspiro anormal. De novo, a culpa pode ser a falta de ferro.

7. Se lhe cair o cabelo

O ferro é um dos minerais mais importantes para o cabelo, de modo que se nota que o pente ou a escova retêm mais cabelo do normal, ou se vê que clareia o cabelo em algumas áreas, já sabe qual pode ser a causa.

Vários tipos de carne

4 atividades que podem roubar ferro ao corpo

1. Doar sangue regularmente.

Doar sangue resta ferro no corpo, e pode contribuir para a sua falta. Não sugerimos que deixe de fazer tão benéfica costume, mas, se você doar sangue, certifique-se de que sua alimentação contém o suficiente aporte do mineral –carnes, vegetais de folhas, legumes– e você vai se sentir melhor depois da doação.

2. Fazer exercício regularmente.

Também sugerimos que deixe de fazê-lo, seus benefícios estão mais do que provadas pela ciência. Mas o certo é que o exercício requer uma quantidade adicional de ferro, igualmente, para ajudar a fornecer o oxigênio necessário para as células de todo o corpo. Uma pessoa que faz exercícios regularmente pode necessitar de até 30% a mais do minério que uma pessoa sedentária.

3. Tomar muito café ou chá.

Há pesquisas que mostram que o chá e o café peden reduzir a absorção do ferro. Tomá-lo antes, durante ou logo após as refeições pode reduzir a absorção.

4. O vegetarianismo.

O corpo absorve o ferro da carne, as aves e o peixe de duas a três vezes mais eficiente que o que vem de vegetais. É Por isso que as dietas vegetarianas são mais propensos a causar deficiência de ferro.

3 fatores que podem contribuir para a sua falta

1. Tem regras abundantes.

A perda abundante de sangue durante o período mensal envolve mais risco de provocar a sua falta.

2. Está grávida.

Durante a gravidez as mulheres precisam até o dobro de ferro. O corpo precisa para produzir mais sangue e fornecer o oxigênio necessário ao feto. Se não há reservas suficientes, pode ocorrer a falta.

3. É celíaco

O défice de ferro é relativamente comum em pacientes de doença celíaca não diagnosticada, pois a absorção de ferro é difícil com a doença. Na doença celíaca, a flora intestinal é destruída sequer parcialmente, pelo glúten, o que dificulta a absorção não só o ferro, mas também de outros nutrientes.

O primeiro passo em caso de suspeita deve ser falar com o médico ou com o farmacêutico. Manter uma dieta rica em ferro é recomendada e, em caso de falta do mineral, existem suplementos que podem ajudar a restaurar os níveis adequados.